quinta-feira, março 23, 2006

Charlie Sheen critica a versão oficial do 11 de Setembro

O actor norte americano Charlie Sheen apelou a uma investigação independente aos acontecimentos de 11 de Setembro de 2001, por a versão oficial dos mesmos estar, no seu entender, cheia de mal-entendidos e explicações dúbias e incongruentes.
É mais uma voz que se junta a todos os que têm expressado dúvidas sobre a referida versão oficial. Surgida inicialmente em meios mais ou menos confidenciais, a contestação ao relatório oficial tem ganho espaço e dimensão, num efeito bola de neve apesar disso algo lento. A censura que os meios de comunicação exercem sobre as vozes independentes não tem um papel menor neste contexto.

9 comentários:

alex disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
alex disse...

O sr.Sheen é um conhecido esquerdista fanático e um reviralhista a pior espécie.
Filho de 'peixe'....

A 'agenda' dele e dos amigalhaços é óbvia.

Qualquer caloiro do curso de Engenharia Civil sabe muito bem porque é que os edifícios ruíram.
E vêm estes gajos sempre com estas merdas...
(No Insurgente há lá um Sofocleto a comentar que deve ser o sr.Sheen disfarçado:))

E, se nenhum avião atingiu o Pentágono.....então o que é que aconteceu a esse avião?
Evaporou?
Foram raptados por aliens?

Não é de estranhar que a proveniência 'ideológica' dos conspiracionistas (e demais apocalípticos) seja sempre dos mesmos sectores.
Os sectores de sempre...os tais qie têm um canais de televisão e dons sobrenaturais que mais ninguem tem.

ps-ouvi dizer que 'o mundo tal como nós o conhecemos' ai acabar, sem margem para dúvidas, neste mês de Março.
Já estamos a 23: time is running!

ehehehehhe

F. Santos disse...

Ó Nelson, se você está bem informado sabe perfeitamente que há muitos elementos de antigas administrações republicanas altamente críticos do governo Bush, nada tendo de «esquerdista fanático e um reviralhista da pior espécie». Por isso não vale a pena lançar-nos essa cassete, que não pega.
Veja o seu e-mail que vou mandar-lhe um exemplo do que afirmo.

alex disse...

"...há muitos elementos de antigas administrações republicanas altamente críticos do governo Bush..."

Pois há. É o drama do desemprego.
Quando não se tem convite p'ró tacho e se fica fora da 'gamela'... fica-se ressabiado.
É compreensível, mas detestável.

Do sr.Sheen e outros Liberais (no sentido americano do termo) posso discordar, mas compreendo-os.
It's their role.

Agora esses 'republicanos' são os mais execráveis de todos.
Não passam de 'political whores'.

Repito: qualquer caloiro de engenharia consegue fazer um simples desenho explicando o sucedido.

Cadê o tal de avião que não se espatifou contra o Pentágono?

Estará em Marte?

Å disse...

O avião que não se espatifou contra o Pentágono foi espatifado pela USAF. Portanto, deve estar no fundo do mar.
O missel do Pentágono foi só para "explicar" o desaparecimento do mesmo.

alex disse...

NO mar?!?!

Ó A., DC fica ainda longe do mar.

Acresce ainda que, atendendo à rota ,aquele avião não teria porque sobrevoar o mar a afastar-se do espaço continental.

Å disse...

Atendendo à rota? Então o avião não estava a ser pilotado por "terroristas"?...

Biranta disse...

A demolição da Censura?
Em: http://sociocracia.blogspot.com

Emerson disse...

Olá

Veja a traducao do video:

http://www.anovaordemmundial.com/2009/09/video-no-youtube-charlie-sheen-exige.html

E da carta:

http://www.anovaordemmundial.com/2009/09/20-minutos-com-o-presidente.html