domingo, março 11, 2007

Trágicos 11 de Março

Num país desmemoriado como o nosso, o dia 11 de Março lembra às pessoas apenas o abominável atentado que vitimou há três anos cerca de duas centenas de pessoas nos arredores de Madrid. (Madrid, que ontem saíu em massa à rua em protesto contra a completa inversão de valores que representa o executivo PSOE, que se agacha perante o terrorismo etarra.)
Esquecido parece estar o nosso trágico 11 de Março de 1975, que mudou para sempre a história deste país. Evoquei essa trágica jornada há dois anos, que trouxe o poder para a rua, que arredou o bom senso e o mínimo sentido de dever à Pátria das preocupações gerais, que arruinou a economia, que selou o destino do Ultramar e abriu as portas a décadas de guerra e miséria.
Se hoje é, muito justamente, dia de luto em Espanha, também o deveria ser para Portugal, cuja decadência não mais parou desde a fatídica data; isto pese o regresso dos militares aos quarteis, pesem as privatizações e pesem todos os ecus e euros que nos inundaram nas últimas décadas. A alma nacional, essa, estava há muito enterrada e remetida para a memória de muito poucos.

2 comentários:

acja disse...

Um dia de luto, com certeza.

Euro-Ultramarino disse...

Muito bem recordado. 25/4/74, 28/9/74 e 11/3/75, as datas fatídicas da tragédia lusa.