quinta-feira, abril 12, 2007

Terror anti-FN

O sistema francês para um candidato poder candidatar-se à presidência da república é bastante tortuoso, obrigando à obtenção de 500 assinaturas ("parrainages") de eleitos. Sabendo-se da pressão política e mediática que recai sobre os apoiantes do Front National, não admira que o seu líder, Jean-Marie Le Pen, se veja da cor dos cucos para obter as malfadadas assinaturas, posto que muitos representantes locais receiam ser alvo de críticas públicas por apoio aos "racistas".
Se fossem só as críticas... Soube-se hoje que os eleitos que concederam a sua assinatura no departamento de Ardennes foram alvo de ameaças, que o FN diz serem de morte dado que constavam de cartas anónimas com um pó branco, imitando antrax.
É mais um belo exemplo do espírito democrático dos democratas franceses.

4 comentários:

sonia r. disse...

Infelizmente, normal.

Pantera disse...

é a democracia

PintoRibeiro disse...

Bom fim de semana, abraço,

JSM disse...

Caro FSantos
Como sabe os franceses vivem desde Luís XVI de actos falhados. Freud dissertou sobre isso. Adoram a sua monarquia de Mónaco; debruçam-se até à espinha perante a bota de um corso; e agora são capazes de se enlevarem pelo palminho de cara da Ségolene...Royal! Os republicanos são mesmo assim - pelam-se por uma realeza, nem que seja dos outros!

Um abraço.
JSM (o comentário está difícil de saír!)