quarta-feira, março 15, 2006

Toca a CASCAr!

Os meus leitores devem estranhar a prontidão com que arrepiei caminho e, embora abandonando o antigo espaço, recomecei com est'outro a minha actividade blogueira. Saibam que em pouco mais de hora e meia se consegue criar um blogue, definir links, escolher os "settings", incluir o medidor de visitas, etc. Só não tem blogue quem não quer!
O que os leitores não sabem é qual foi o papel do CASCA em tudo isto. Logo no dia em que foi anunciada a criação da benemérita associação, recebi uma visita de alguns dos seus mais distintos membros, ameçando-me com facas e tacos de beisebol. Se não retomasse o blogue eis o que me aconteceria, pela boca dos casqueiros:
- teria que comprar um kit novo sócio do Benfica e postar à entrada de minha casa uma horrorosa águia em bronze, comprada na feira de Benfica do Ribatejo (Paulo);
- ler a obra completa de Milton Friedman e passar um mês num kiboutz (Nelson);
- cantar o "Horst Wessel Lied" dez vezes seguidas (Nonas);
- cantar o "Horst Wessel Lied" quarenta vezes seguidas (A.);
- frequentar um curso druídico na Armórica (Legionário);
- ouvir todos os albuns dos Ramones de enfiada (Mendo);
- escolher uma modalidade amadora do Belenenses candidata à extinção (Pedro);
- comer uma dose de cavalo de "Migas à Alentejana" (Restaurador);
- ler as "Obras Completas" de Mikhail Bakunine (Padraic);
- ler "A reflexão aristotélica sobre o papel do bem na organização das sociedades tradicionais, numa óptica conservadora de inspiração burkiana, enquadrada pela ética católica numa perspectiva chestertoniana", tese de mestrado do Corcunda (himself);
- ler "Europa, combate comum", colecção de ensaios de identitários de toda a Europa (2300 páginas) (Duarte e Miazuria).
O fundador, BOS, não definiu uma tortura específica, "limitando-se" a coordenar as acções dos sócios.

12 comentários:

Nonas disse...

Caro FSantos:
vejo o meu nome incluído na lista dos casqueiros. Não fiz parte dos sócios que fizeram um visita social e preocupada, embora tudo tenha feito para ir!
Lamento que ainda hoje não tenha percebido qual o papel (não era colowall) do BOS no meio da CASCA!

O Restaurador disse...

Caro FSantos, convenhamos a minha tortura até era bem agradável!... E se fosse com um tinto de borba ainda melhor! :-)

Abraço!

Paulo Cunha Porto disse...

Tenho de enveredar pela linha do Restaurador. A águia seria um momento de alívio, lembrando o espaço que a blogosfera acrescenta às Tuas asas.
Vistas as coisas por este prisma, creio que não haverá dificuldade em convencer-Te a assinar o papelucho que tenho há longo tempo preparado: a proposta do SLB, claro.
Ab.

miazuria disse...

Parabéns!
Fabuloso! Gostei imenso e diverti-me!
Mas olhe que também subscrevo a proposta do Paulo. Afinal é o único clube que ainda está na Europa, embora com jogadores brasileiros...irra!!!O que temos de engolir...

Os meus cumprimentos e sinceras felicidades para o seu "blog.

Ps/ Caro FGSantos, creio que o Nelson não iria gostar de viver num "Kibbutz". Para ele seria demasiado socialista.Eh!Eh!
Sei bem o que é um Kibbutz.

miazuria disse...

Desculpe-me,FSantos.

É do hábito.

JoaoViriato disse...

Então e eu? Não arranjou uma ameaça suficientemente séria vinda da juventude? Olhe que eu conheço muitos gangsters ;P

Anónimo disse...

Talvez...um Brinde Romano, de Braço ao Alto e Fé nos Deuses!
Estás convidado para a celebração do próximo Equinócio!?
E assim se perpetua a Tradição!

Legionário

Anónimo disse...

«- ouvir todos os albuns dos Ramones de enfiada (Mendo)»

Esta até nem era má ;)

NC

dragão disse...

Ainda bem que tudo se resolveu diplomaticamente, sem necessidade de recurso às APMs ("Armas de Persuasão Maciça").

alex disse...

O que é que o 'aterrorizou mais?

A leitura dos livros do seu 'colega' Friedman (que o FSantos deve achar horrendos) ou a perpectiva do 'soviético', poeirento e rude Kibbutz?

Resultou. Ainda bem. :)

miazuria disse...

Nelson:
Olhe que os Kibbutzim não são nem rudes, nem poeirentos!
Quase todos têm piscinas, zonas verdes, anda-se de bicicleta e com veículos movidos a electricidade,
possuem bibliotecas, teatros, cinemas,etc
O que pode fazer o socialismo bem aplicado!Eh!Eh!

Saudações

Anónimo disse...

Nelson is not spanish name