domingo, setembro 10, 2006

"Uma Ideia de Portugal"

É este o título do meu segundo contributo dominical para "A Taberna dos Inconformados", onde se discute e chora a Pátria, à mesa com um bom tinto e o rádio a debitar um fado plangente.

4 comentários:

pvnam disse...

PONTO Nº1:
A História mostra-nos, muito claramente, o seguinte:
- As Identidades Artificiais [inclusive aquelas que foram constituídas tendo em vista a construção de Impérios...] possuem os 'pés-de-barro'... isto é... TODAS acabam por desaparecer do Planeta.
NOTA:
- Um exemplo recente -->> Referendo sobre a Constituição Europeia: Foi por uma 'unha-negra' que as Identidades Nacionais não desapareceram... em nome duma... Identidade Europeia.
Conclusão Óbvia: A forma como as Identidades Nacionais estremeceram... é uma prova inequívoca de que as Identidades Nacionais [dos Países Europeus] são...Identidades Artificiais! --> Identidades 'Sólidas' JAMAIS estremeceriam daquela maneira!!!
[ Obs: Vejamos o caso português -> uma Monarquia (uma Identidade) que nasce com base num conflito familiar... é uma Identidade Sólida???...]

PONTO Nº2:
De facto, a História mostra-nos, muito claramente, o seguinte:
- A única Identidade Autêntica ['Sólida' -> capaz de sobreviver MILÉNIOS]... é a Identidade Étnica.

Anónimo disse...

Já fui lá ler, é o texto certo para o HV!
Espero que não me venham pedir direitos de autor!

Legionário

F. Santos disse...

Sem prejuízo de o texto prometido te ser enviado em breve!

alex disse...

Eu continuo convencido que o Homem e o Peixe podem coexistir pacíficamente.