quinta-feira, janeiro 18, 2007

Contra o concurso

Sobe de tom a polémica em torno do estúpido concurso "Grandes Portugueses", em especial na blogosfera. Toda a trapalhada em que o promotor se envolveu relativamente a Salazar, não o incluindo inicialmente na lista e agora ocultando a sua vitória por meio de uma segunda volta, revela bem o grau de "democracia" dos nossos democratas. Os mesmos democratas que vêm há meses desencadeando ataques informáticos contra o excelente site dedicado ao estadista (e não político, outra das farsas do concurso) e que está neste momento em baixo, tentando recuperar da última ofensiva democrática.
Estou com o meu amigo Nonas quando ele se pronuncia contra o acto de votar nesta mascarada. Primeiro, está-se a ser conivente com toda a batota; segundo, legitima-se que se ponha em pé de igualdade (democrática, claro) reis que fizeram a Pátria, actores de telenovelas e perfeitos traidores; terceiro, porque o chamado voto de protesto, que tem levado tantos milhares de pessoas a votar em Salazar, conduz a que se pretira D. Afonso Henriques, o verdadeiro obreiro da Nação, quem contra ventos e marés permitiu que nascesse um dos países mais notáveis da história da humanidade. País esse que agora se vai apagando, lentamente.

16 comentários:

Anónimo disse...

Tá bem tá, isso já sabemos!
mas c'um carago não dispersem, vamos obriga-los a mentir outra vez

760 10 2003

Legionário

pvnam disse...

País esse que agora se vai apagando, lentamente.


Um país que deixa de proceder à Renovação Demográfica... e que opta por mudar a Lei da Nacionalidade - para mais facilmente nacionalizar imigrantes -, é um país que ainda existe?... Ou é apenas uma mera FORMALIDADE BUROCRÁTICA?

Vitório Rosário Cardoso disse...

Tudo isso bem temos dentro do coração. Agora é fazer o "sistema", apanhar com a bala que lhe saíu pela culatra.
Desistir agora não!
Vamos obrigá-los a mentir, fazê-los passar vergonha (se ainda a têm).
Por outro lado, estou consciente de que até agora todo o dinheiro gasto nas chamadas, poderão não valer de nada, logo, perdido por um, perdido por mil. Vamos a votar!
E ainda no conscurso do pior português, que Mario Soares toma a dianteira isoladissimo!
http://piorportugues.blogs.sapo.pt/

Euro-Ultramarino disse...

Meu Caro FSantos,

Acaba de dizer umas boas verdades bastante incómodas - impossíveis de negar ou esquecer. Este resto de uma grande Nação, com o seu regimezito indecoroso e os seus serviçais ridículos, ruma alegremente em direcção ao fim. A figura deste Homem incomparável é tão poderosa que 33 anos de campanha latrinal por parte dos que destruiram o nosso Portugal-que-deu-novos-mundos-ao-mundo não conseguiram apagar este Gigante da História. Ele é a ANTÍTESE desta escumalha que pulula no rectâmgulo desde o fatídico 25-4-74. Já dizia o Chanceler de Ferro, prussiano como ninguém, que os grandes povos aprendem com a experiência alheia, os mediocres aprendem com a própria, e os incapazas não aprendem nunca...
Um abraço amigo.

Anónimo disse...

Porque ainda ninguém escreveu sobre isto!

Do racismo jurídico dos pais biológicos e outras tuguices -
Temos assistido às tristes notícias de um militar condenado a seis anos de prisão e uma indemnização de 30.000€ (?) pela razão de querer proteger a filha adoptiva que lhe teria sido entregue pela mãe biológica com 2 ou 3 meses de idade…!
Com as novas leis da nacionalidade o carácter “biológico-sanguíneo” de herança dos pais deixou de fazer sentido, bastando para ser português o ter nascido em solo nacional…(infelizmente). Qualquer, por remota que seja, hipótese de um país estrangeiro vir reivindicar como seu um filho de emigrante nascido em Portugal não resultaria ao abrigo da nova lei da nacionalidade.
Porque é que um pai biológico que deu ou pagou para dar uma queca tem o direito de reivindicar como sua, uma filha que nunca quis mais não seja pela simples razão que até desconfiaria se seria “realmente” sua…
Se cidadão nacional passou a ser qualquer um que cá nasça e que portanto foi por este país adoptado porque é que os pais biológicos, muitas das vezes (como parece ser caso em questão) simplesmente artífices de uma foda paga ou até violação, continuam a ter direito sobre os pais adoptivos, mesmos sendo estes os que realmente acolheram, deram carinho, casa, educação…?
Desculpem o desabafo mas – Tirem o tampo do esgoto e deixem este rectângulo de merda afundar-se de vez

Anónimo disse...

bitaites e mais nada. apresenta provas de que o botas é que foi o mais votado e eu acredito.
de outra forma também posso mandar o bitaite que o Guterroto é que ganhou e foi vítima deste arremedo de democracia em que vamos pastando.
facts, i need facts

Anónimo disse...

Ora nem mais.
Eu por mim vou votar no Sebastião José.

Anónimo disse...

Anonymous 11:41:43 AM: " Desculpem o desabafo mas – Tirem o tampo do esgoto e deixem este rectângulo de merda afundar-se de vez "

Ó parvalhão, caso ainda não tenhas reparado, a PORTA ESTÁ ABERTA!
Tchau boa viagem,

acja disse...

Belíssimo post, mas q é um gosto ver os democratas a fartarem-se de burlar a dita democracia e liberdade para esconder a vitória de Salazar, democraticamente, isto o é.
E pro Inferno com os Anônimos.
Parvos.

Anónimo disse...

Soneto colocado por um anónimo na Campa do Dr. António Oliveira Salazar, alguns dias depois do seu falecimento, em Vimieiro, S. Comba Dão

Não venho falar de gratidão
Nem dizer-te, sequer, muito obrigado!
Não me chega p’ra tanto o coração,
Por mais que a fé o tenha dilatado!

Um dia, falará de ti a História!
Entre nautas, guerreiros mártires e Santos,
Terá lugar mais um nome, outra Glória,
A acrescentar a tantas e a tantos!

Não é só da Pátria bem merecido
Quem lhe oferece o sangue derramado,
Mas também quem por ela haja vivido.

Uma existência de sacrificado!
Se p’lo rancor dalguns foste atingido,
Também o foi Jesus Crucificado…

Anónimo disse...

Para o telefone e em força:
760102003

Legionário

Pedro disse...

O meu respeito por Salazar.

Só uma correcção: O Programa Britânico para o "melhor" britânico, naturalmente(tal como o francês), cujo modelo a RTP segue - tiveram 2ª volta com os 10 mais votados, dos quais saíram respectivamente Churchill e De Gaulle.

Admito e acredito que à RTP não lhe convenha a vitória de Salazar, e para isso terá outras manigâncias.

Seja como for a 2º volta com os 10 mais votados é o modelo do Programa nos outros Países da Europa - que tem direitos de autor e este modelo.

Programa que não me agrada.

Anónimo disse...

Excelente. Parabéns.

Anónimo disse...

Como não gosto de Politicos, (os culpados por este pais estar como está)vou apontar o meu voto para o nosso criador, O 1ª Rei de Portugal, pois é uma forma de mostrar a estes politicos que só vivem de aparências, e vivem rodeados de grandes almoçaradas, grandes carros, grandes viagens, mas só nos sabem roubar cada vez mais e mais e mais e cada vez mais e mais e mais, onde é que isto vai parar..............

Voto D. Afonso Henriques, Outra ipotese seria Luis de Camões.

Anónimo disse...

http://judicial-inc.biz/ch_av.ez_zio_stooge.htm

Anónimo disse...

http://www.jewishracism.com/