quarta-feira, abril 11, 2007

Calar a verdade e enterrar o passado

"Hoje vemos que existem muitos interesses que procuram encerrar a nossa instituição de forma a calar a verdade e enterrar o passado. Para que nada se descubra", escrevem em carta aberta ao ministro do Ensino Superior o corpo directivo, reitoral, docente e administrativo da Universidade Independente.
Não sabemos se a referência é ao passado de estudante do nosso primeiro ministro, que hoje vai explicar ao país toda a polémica em torno da sua licenciatura em Engenharia Civil, polémica essa que, ao contrário do que afirma o Diário Digital, não foi «aberta após um trabalho de investigação feito pelo jornal "Público", a 22 de Março», tendo sido antes despoletada pelo notável trabalho de investigação feito pelo blogue Do Portugal Profundo, que não é a primeira vez que incomoda o poder.

3 comentários:

Anónimo disse...

Por isso amigo Fsantos, é que outro não gosta de blogues!

Cumprimentos

Thoth

Carlos Portugal disse...

Estes «boys» do sistema aplicaram o velho método do ladrão que pega fogo à casa acabada de assaltar para apagar as provas.
O quê, podem encontrar provas de venda/doação de canudos a políticos na UI? Acaba-se com ela, para que se possam destruir livros de termos e actas!

Resta saber que nova UI irá despontar no horizonte, para fornecer habilitações virtuais a estes energúmenos ignorantes e prepotentes.

Abraço.

PintoRibeiro disse...

Mesmo a correr,
Abraço.